Casa Saraceni demolida na madrugada

Marco do pioneirismo industrial em Guarulhos

Por volta da 1H da madrugada da última sexta-feira (05/11), o prédio foi demolido. Um dos marco da primeira industrialização do município foi derrubado pela vontade dos proprietários da Shopping Internacional.

História da Casa

No final do século XIX,  José Saraceni imigra da Itália junto como muitos outros conterrâneos, o destino escolhido por Saraceni: o Brasil.

 Saraceni se instala em São Paulo, um de seus primeiros trabalhos consistia na fabricação de artigos de couro, consta que sua primeira fabriqueta se  localizava na Avenida Tiradentes, em São Paulo, ao lado do batalhão Tobias de Aguiar.

Em fins da década de 1910, Saraceni adquiri da Família Ferreira Endres, uma chácara à beira do caminho entre a Penha e Guarulhos e a bela casa em estilo art nouveau. Inicia a construção da casa com pretensão de a família transferir  suas atividades para esse belo local. Instala-se então uma das primeiras famílias fábricas de Guarulhos.

Saraceni instala a fábrica de polainas, sandálias e artigos de couro, que se constituiu como pioneira no Município. Inicialmente funcionando no porão, passaria a um prédio próprio dentro da própria chácara, ao longo tempo constroem-se novas edificações, casas de operários e até mesmo uma escola para os filhos dos trabalhadores da fábrica.

As vilas operárias baseavam-se em uma proposta de integração da organização à sociedade e que resultou em estreitamento das relações sociais estabelecidos no início do processo de industrialização do Brasil – final do século XIX e princípio do século XX – ocorreu através da criação das Vilas Operárias, aglomerados urbanos que se compunham basicamente das famílias dos operários e que se situavam no entorno das empresas (SILVA, 2004).

“… tendo ao lado, a vila de onze casas modestas, mas confortáveis, que construiu para residência dos operários e suas famílias, sem cobrança de aluguel, com fornecimento gratuito de luz, água, leite, frutas e verduras. Construiu, inclusive, uma escolinha com duas classes, posteriormente entregues ao Município  (…)”.

A Chácara Saraceni foi vendida em 1973 à Olivetti e parte das casas dos operários foram demolidas, desse período, permanecendo no local a residência e um grande quintal da Família Saraceni, , sabiamente preservada por essa instituição particular. Demandas históricas, sociais, culturais e arquitetônicas influenciam o tombamento pelo Município, através doa lei orgânica no seu inciso XI do seu artigo 28 e promulgado em 05 de abril de 1990.  

Em 2000 após uma tentativa de demolição por parte de seus novos proprietários (o grupo Internacional), o poder público municipal através do Decreto 21.143/00, ratifica o tombamento.

Decreto 21.143/00, após uma tentativa de demolição por parte de seus novos proprietários.

Anúncios
Comments
15 Responses to “Casa Saraceni demolida na madrugada”
  1. Miriam disse:

    Um apena..que um grupo capitalista..não perceba a vantagem que se tem na preservação da história de um povo.

    Então…vivamos como macacos…e percamos a visão dos anos..e dos sonhos.

    Lamentável…ganhamos mais algumas vagas…de estacionamento…E punto.

    • Professor disse:

      E de pensar que o Sr. Antonio Veronese que é proprietário do Shopping Internacional também é o grande dono da Universidade Guarulhos! Pois é um ex-professor de Estudos Sociais, que em nome da ganância acaba com a própria história de seu município! Histórias do “arco da véia” rondam este verdadeiro Coronel de Guarulhos, felizmente, apesar de não ter história, nesta cidade, que é cercada de mazelas, a corrupção e a roubalheira são conversa de botequim como dizia um antigo prefeito. Procurem saber melhor que é este senhor e pensar duas vezes antes de estudar nas escolas e comprar nos shoppings dele! Pois como dono da cidade já chegou até a comprar um cargo de vereador para um filho, invadir uma rua no centro para aumentar o estacionamento da universidade e agora mais essa, sem contar outros episódios assustadores que o rondam!

      • vander disse:

        não só ele como muitos outros que tem aqui em guarulhos, como a roseli thomeu que conseguiu vender parte do bosque maia no mandato do pai dela,o saae que todos que chegam ao poste de coordenador fica milionário até quando isto!

    • leandro disse:

      To vendo essa noticia agora, sai desse feudo há dez anos, esse cara ainda manda na cidade? povo de Guarulhos é maravilhoso mas tem uma elite nazista….sempre o VERUSKA na eterna fome por dinheiro, pqp….que coisa nojenta!

  2. Silvio Ribeiro disse:

    Quando se tem um governo que somente visa interesses políticos, não estando nem ai com as coisas históricas sob seu comando o que mais pode se esperar. Preservar o patrimônio histórico de uma cidade, município ou mesmo do país é um dever de pessoas responsáveis e não um bando de calhordas incompetentes. Preseervar o patrimônio histórico, principalmente os considerados tombados é um ato de se manter a história, as origens do local. O passado é importante para se viver o presente e poder-se programar melhor o futuro. A história de uma cidade esta cunhada no seu passado histórico que as autoridades principalmente não tratam com seriedade. O importante é o interesse político e quem sabe o financeiro. Não ponho minhas mãos nem longe do fogo por esta última afirmação.

    Grato – 05-11-2010

  3. Fárah disse:

    Tomara mesmo que grandes veículos de comunicação abordem esse tema com mais profundidade por que esse assunto envolve questões ambientais e a imprensa muitas das vezes não dá o destaque adequado que estes assuntos deveriam ocupar. Tratam do assunto de forma superficial sem investigar, sem verificar. Imagina só…o que será que motivou a demolição de um patrimônio público? Cadê os órgãos resposáveis, será que existe um motivo plausível?
    É, vamos aguardar qual o desfecho…

    • É lamentável saber que a secretaria de cultura foi responsável pela demolição da casa saraceni,não queremos comemorar 450 anos de história sabendo que a história da cidade está sendo esquecida pela própria secretaria de cultura,não queremos shows superfaturados e de músicos que não são de Guarulhos,só queremos ter acesso à cultura mas acho que o secretário não sabe o significado dessa palavra,não vamos deixar barato vamos cobrar das autoridades competentes,não vamos deixar que meia dúzia de porcos capitalistas acabem com a nossa cidade.

  4. Marcelle disse:

    Sabe o que Geraldo Celestino, e muitos outros vereadorea estão fazendo agora…gastando o dinheiro da propina e rindo da nossa cara…. Nós não podemos aceitar isso.

    Parabéns Guarulhos pelos seus 450 anos….Parabéns Secretaria da Cultura de Guarulhos….Parabéns Veronezi nosso Chanceler da UnG….

  5. Elmi Omar disse:

    Infelizmente na madrugada de 05/11/2010, um patrimônio histórico foi demolido em Guarulhos. Entraram para história as pessoas que participaram desse processo de “destombamento”. A materialidade da memória ficou em ruínas, mas a memória e história não se destroi. No ano que Guarulhos comemora os seus “450 anos” esse é o presente que ganhamos… quero lamentar.

  6. RICARDO CORREA disse:

    QUE ENGRAÇADO,UM PARTIDO QUE SEMPRE LUTOU CONTRA A DOMINAÇAO CAPITALISTA,AGORA É AVALISTA DESSE ATENTADO A HISTORIA DE GUARULHOS,A LAMENTAR NOSSA CAMARA QUE FICOU DE QUATRO PARA ESSA QUESTAO,E NOSSO NOBRE PREFEITO QUE SE CURVOU COM SUBSERVIENCIA A DITADURA DO CAPITAL,EU TENHO ASCO AOS POLITICOS DESSA CIDADE.

  7. Marcos Paulo Barbosa disse:

    Vergonha? Não sabemos mais o que é isso… Agora somos descarados e fazemos tudo na maior cara de pau… Pior não é saber que vereadores votaram isso, pior mesmo é saber que um arquiteto aceita isso…
    Esta na hora de melhorar nosso ensino, ensinar história pra alguns que acham que isso não serve pra nada.
    Parabéns! Vocês conseguiram apagar uma parte da história da cidade….

  8. Conheça os vereadores “TRAÍRAS”, “MARCENEIROS” que votaram a favor do Projeto, para demolição do casarão.

    E são eles:

    Alan Neto -PSC

    Eduardo Carneiro – PSL

    José Mario – PTN

    Ricardo Rui – PPS

    Vitor da Farmacia – PSDC

    Americano – PHS

    Eduardo Kamei – PSDB

    Eduardo Soltur – PV

    Eraldo Souza – PSB

    Geraldo Celestino – PSDB

    Gileno – PSL

    Gina Passos – PSDB

    Gutti – PMDB

    Helena Sena – PSC

    Indio de Cumbica – DEM

    Lamé – PT do B

    Novinho Brasil – PTN

    Otavia – PRP

    Paulo Roberto – PP

    Paulo Sergio – PV

    Romildo Santos – PSDB

    Silvana Mesquita – PV

    Toninho Magalhães -PTC

    Unaldo – PSB

    Wagner Freitas – PR

    Zuquila – PR

    Só lembrando ao povo de Guarulhos que muitos dos vereadores acima, também votaram contra o projeto do BILHETE ÚNICO, e se não fosse a luta deste colunista, os mesmos também teriam votado contra na segunda vez que o Bilhete ÚNICO, VOLTOU a Câmara Municipal. Só que desta vez “EU” estava e continuo doente e não pude agitar e pressionar o povo contra os Traíras do povo de Guarulhos.

    Pena, muita pena destes caras de pau, por isto MARCENEIROS…

    FAÇA ESTE POLÍTICOS IREM TRABALHAR, NÃO VOTE NUNCA MAIS NELES… o

  9. Anna Maria T.Carneiro disse:

    Bem diante dos expostos,só tenho a lamentar .Já não digo MARCENEIROS mas MERCENARIOS.
    Trabalho com Turismo sei da imporrtancia da historia,não me admira o envolvimento da Secretaria da CURTURA, iniciar o processo da barbárie.Os nossos vereadores então mostraram muito bem o quanto estão interessados na preservação da nossa historia.Bem se ve que não sabem o significado do que é ser OPOSIÇAO.PARABENS AÓS QUE OS ELEGERAM.CONTINUEM ASSIM.CUIDADO POVO GUARULHENSE A VITIMA PODE SER SUA CASA,A ESCOLA DO SEU FILHO.fAÇO UM APELO AO POVO GUARULHENSE;
    VISITE GARULHOS ANTES QUE ELE DESAPAREÇA.

  10. Deia Lorenn disse:

    Lamentável! Se tratando de um país capitalista que não valoriza sua própria cultura, onde empresários e políticos só pensam no bem comum, isso cedo ou tarde iria acontecer. Todavia é uma pena, a casa Saraceni tinha seu charme.

Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] o trem fedido da praça IV Centenário. E a pergunta é: até quando? * Leia mais aqui, aqui e aqui também. E obrigada ao historiador Elmi Omar pelo triste, mas importante, […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: